1) Veja como funciona o QuickDeck | Infraestrutura Urbana

Transporte

Soluções técnicas 1

1) Veja como funciona o QuickDeck

Plataforma suspensa serve como base de trabalho para serviços em locais de difícil acesso, como pontes e viadutos

Edição 39 - Junho/2014

Daniel Beneventi

Clique para ampliar

O QuickDeck é uma plataforma de trabalho suspensa. Com alta capacidade de carga, o sistema modular é usado para compor uma base plana que pode ter diversas formas geométricas e tamanhos. A partir de um primeiro módulo suspenso, a plataforma pode ser expandida com a instalação de mais módulos. O sistema é usado como base de trabalho para serviços de manutenção, montagem e construção em obras e locais de difícil acesso - seja por motivos de altura e de instabilidade ou por restrição ambiental. É o caso de serviços em pontes e viadutos, plataformas de petróleo, entre outros. As bases modulares que compõem as plataformas suspensas podem ser realocadas de acordo com a necessidade de operação na obra. Em pontes e viadutos, o sistema é usado para novas construções, reabilitação estrutural, manutenção e reparos.

1. Montagem da plataforma inicial
Para a montagem do QuickDeck, o tamanho da plataforma inicial e sua forma de elevação devem ser planejados previamente. Deve-se evitar o deslocamento excessivo da plataforma durante a elevação: para isso, as plataformas iniciais devem ser montadas o mais próximo possível de sua localização final. Um módulo é montado com quatro treliças, quatro carretéis de junção, um suporte de piso e o piso propriamente dito (além de diversos conectores). O piso é feito normalmente com madeira compensada. A plataforma inicial pode ser composta com mais de um módulo, conforme a configuração desejada.

2. Elevação da plataforma
Correntes de aço são fixadas aos carretéis de junção para que a plataforma inicial seja elevada com guinchos e guindastes. É posicionada, então, sob, ou nos arredores da estrutura à qual o QuickDeck servirá de base de trabalho. A dimensão da plataforma inicial e a capacidade de carga dos equipamentos devem ser rigorosamente observadas nessa etapa de elevação da plataforma.

3. Suspensão e nivelamento
Com a plataforma inicial suspensa, é instalado um sistema de suspensão permanente composto por correntes, acopladores de corrente e garras de viga. Assim, a suspensão feita até então pelo guincho de elevação é transferida para este sistema. Após a instalação em todos os pontos necessários da plataforma, é preciso fazer o nivelamento dos módulos. A plataforma é nivelada por meio de ajustes em cada corrente de suspensão, por meio de uma corrente de carga auxiliar para elevação/rebaixamento do módulo.

4. Expansão
A plataforma inicial, já nivelada e suspensa pelo sistema permanente, pode ser expandida com outros módulos. Os montadores devem ficar na extremidade dianteira da plataforma (devidamente protegidos com EPIs contra queda). Em muitas situações é possível descarregar os materiais para expansão diretamente sobre o QuikDeck. Para adicionar um módulo ao conjunto, é instalada a primeira treliça no carretel de junção da extremidade da plataforma inicial. Na sequência, são montados o primeiro carretel de junção do novo módulo, a segunda treliça, a terceira treliça e, finalmente, o segundo carretel de junção. Os componentes são todos fixados por meio de pinos de engate e outros conectores. As treliças são giradas para fora até que fiquem perpendiculares à plataforma, formando uma grade quadrada. A finalização é feita de forma similar à montagem da base inicial, com a instalação do suporte de piso e do piso. A expansão da plataforma, com a devida sustentação da sua carga, pode ser feita sucessivamente conforme a necessidade e possibilidade de sustentar a elevação.

5. Acabamento
O QuickDeck tem diversos componentes necessários para o acabamento da plataforma. Placas de proteção (para as treliças e para as juntas entre os pisos) e guarda-corpos são os mais importantes. As colunas dos guarda-corpos são instaladas nos carretéis de junção das extremidades da plataforma. Nelas, são instaladas as barras horizontais, fixadas por garras e outros conectores.

Transferência e inspeção
As plataformas do QuikDeck podem ser realocadas na própria obra com a desmontagem dos componentes e a remontagem em outra área de trabalho. O sistema deve ter inspeções diárias para alguns componentes e semanais para outros. Observa-se, por exemplo: a deflexão da plataforma; grampos, correntes, cabos e conexões; painéis do piso.

Fonte: Colaboração e fonte: Mecan (Grupo Orguel); Safway.

Veja mais:
Veja como funciona o QuickDeck - Plataforma suspensa serve como base de trabalho para serviços em locais de difícil acesso, como pontes e viadutos

Destaques da Loja Pini
Aplicativos