1) Lajes planas com esferas plásticas | Infraestrutura Urbana

Equipamentos Públicos

Soluções Técnicas

1) Lajes planas com esferas plásticas

Por Kelly Carvalho
Edição 41 - Agosto/2014

O sistema BubbleDeck é composto por elementos modulares pré-fabricados. Utilizados como módulos de reforço, formam uma espécie de "gaiola metálica"; já quando desempenham função de painel prémoldado, o módulo de reforço recebe uma camada fina de concreto. A solução pode reduzir em até 35% o peso de uma laje maciça, o que permite eliminar a necessidade de vigas e vencer grandes vãos com menor consumo de materiais.

Em ambas alternativas - módulos de reforço e painel pré-moldado -, os elementos são entregues no canteiro da obra, conforme o projeto. Caso haja necessidade e área adequada, podem ser confeccionados em canteiro e de forma independente das demais atividades.

Projeto
As esferas plásticas devem ser detalhadas de acordo com os requisitos de cada projeto, tais como os carregamentos e vãos entre colunas. Já as malhas são eletrossoldadas com diâmetro e espaçamentos compatíveis com o sistema para garantir o correto posicionamento das esferas, assim como as treliças, soldadas às malhas superior e inferior dos elementos para assegurar rigidez e estabilidade às peças pré-fabricadas.

Ilustração: Daniel Beneventi

1. Módulos de reforço
Malhas e treliças metálicas formam uma espécie de "gaiola" onde são dispostas as esferas plásticas. Esses elementos são posicionados sobre fôrmas convencionais. Armaduras adicionais são inseridas, formando os capitéis e a união dos elementos. Aí, então, a concretagem é realizada. Essa alternativa é indicada para obras em geral, sobretudo àquelas que não visam à utilização de equipamentos de movimentação de grande porte ou em casos de difícil acesso, já que as peças podem ser movimentadas manualmente.

2. Painel pré-moldado
Possibilitando o acabamento liso da superfície, os módulos de reforço são inseridos em uma fôrma metálica e uma camada de 6 cm de espessura é concretada, formando os painéis pré-moldados (ou pré-laje de concreto).

3. Montagem
Prontos e devidamente identificados, os elementos módulo de reforço e/ou painel pré-moldado são transportados para o local de trabalho, onde são içados e posicionados lado a lado sobre a forma assoalho convencional - quando forem utilizados na alternativa módulos de reforço - ou diretamente sobre os escoramentos, quando empregados na alternativa painel pré-moldado.

4. Armação complementar
Após posicionamento dos elementos sobre a forma assoalho ou diretamente sobre as linhas de escoras, executa-se a armação complementar referente às barras de ligação (que vão unir um elemento ao outro) e região dos capitéis (sobre as colunas). Em geral, a armação complementar corresponde de 20% a 30% de toda armação da laje, uma vez que a maior parte dela já havia sido incorporada aos elementos pré-fabricados.

5. Concretagem
Depois de concluída a armação complementar, inicia-se o processo de concretagem dos elementos solidarizando a laje e concluindo a execução do sistema.

Apoio técnico: Wlicio Chaveiro Nascimento, diretor da BubbleDeck Brasil

Veja mais:
Veja como funciona: Em sistema BubbleDeck, bolas plásticas inseridas entre duas telas metálicas ocupam zona de concreto que não desempenha função estrutural

Destaques da Loja Pini
Aplicativos