Porto do Itajaí fará dragagem para remoção quatro milhões de m³ de sedimentos, causados pelas chuvas em Santa Catarina | Infraestrutura Urbana

Transporte

Notícias

Porto do Itajaí fará dragagem para remoção quatro milhões de m³ de sedimentos, causados pelas chuvas em Santa Catarina

Local faz parte do segundo maior complexo movimentador de contêineres do Brasil

Luísa Cortés, do Portal PINIweb
31/Janeiro/2017

O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, assinou na última quinta-feira (26) o contrato de dragagem do Porto de Itajaí, em Santa Catarina. A obra orçada em R$ 38,8 milhões envolve os canais externo e interno, a bacia de evolução e os serviços de readequação da geometria do canal de acesso aquaviário do porto.

Divulgação: Prefeitura de Itajaí

A dragagem prevê o aprofundamento de águas portuárias, manutenção da profundidade e garantia de condições de segurança na navegação para navios de até 306 metros de comprimento. Os serviços serão realizados pela empresa DTA Engenharia Ltda em um prazo de três meses.

A obra será responsável por retirar cerca de quatro milhões de metros cúbicos de sedimentos do fundo do canal. Esse volume é resultado das fortes chuvas na região Sul. Com isso, a capacidade operacional do porto voltará à profundidade normal de seus 14 metros, oferecendo condições irrestritas de navegação.

O porto do Itajaí fica localizado no segundo maior complexo movimentador de contêineres do Brasil. Ele destaca-se pelo escoamento de cargas refrigeradas, em especial aves e suínos, através das BR-101 e BR-470.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos