Terminais de ônibus integrados ao Metrô de São Paulo serão concedidos à iniciativa privada | Infraestrutura Urbana

Transporte

Notícias

Terminais de ônibus integrados ao Metrô de São Paulo serão concedidos à iniciativa privada

Expectativa do governo estadual é que medida gere receita anual de R$ 27,9 milhões, além de redução de gastos de R$ 24 milhões

Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
18/Agosto/2017

O Governo de São Paulo decidiu conceder à iniciativa privada 15 terminais de ônibus com integração às linhas 1-Azul e 3-Vermelha da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô-SP), que somam cerca de 115 mil m² e tem fluxo diário de 900 mil passageiros entre 259 linhas. O edital de licitação, publicado nesta sexta-feira (18), prevê um contrato com prazo de 40 anos.

Divulgação: Metrô-SP

A expectativa é que as concessões gerem uma receita anual de R$ 27,9 milhões ao Metrô-SP, além da redução de custeio de mais de R$ 24 milhões relacionados a serviços administração, de manutenção, operação e vigilância e aumento de receitas não tarifárias que representam 10% dos lucros atuais.

Os terminais incluídos no edital são Parada Inglesa, Santana, Armênia e Ana Rosa, da Linha 1-Azul; e Artur Alvim, Patriarca norte, Vila Matilde norte, Penha norte, Carrão norte, Carrão sul, Tatuapé norte, Tatuapé sul, Brás, Barra Funda sul e Barra Funda turístico, da linha 3-Vermelha. Destes terminais, sete possuem espaços internos comerciais capazes de gerar R$ 3,7 milhões por ano: Santana, Ana Rosa, Patriarca norte, Vila Matilde norte, Carrão norte, Tatuapé norte e Tatuapé sul.

Há a possibilidade também de uso misto das estações que contam com apartamentos residenciais locáveis nos andares superiores, salas comerciais nos médios, lojas e espaços de convivência e alimentação nos inferiores. Com 85 mil m² de área mínima de construção, o investimento nestes terminais será de, pelo menos, R$ 270 milhões.

"As estações são importantíssimas, com grande circulação de usuários. Com isso, é possível ampliar e melhorar a qualidade dos serviços, trazer novas oportunidades de receita para o Metrô, gerar emprego e aproveitar essas boas áreas", destacou Alckmin.

O edital da concorrência está disponível no site do Metrô-SP ou para retirada no Protocolo da GCP, na Rua Boa Vista, 175, 2º Andar até 19 de setembro, das 9h00 às 11h30 e das 13h30 às 16h30, mediante apresentação de mídia lacrada. A sessão pública de recebimento de documentos e propostas será no dia 20 de setembro, às 9h00, no mesmo endereço.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos