Leilão de seis mil km de linhas de transmissão da Aneel movimenta R$ 11,6 bilhões | Infraestrutura Urbana

Energia

Notícias

Leilão de seis mil km de linhas de transmissão da Aneel movimenta R$ 11,6 bilhões

Equatorial Energia arremata sete lotes dos 24 disponíveis. Apenas três não tiveram interessados

Luísa Cortés, do Portal PINIweb
31/Outubro/2016
Shutterstock

Foi concluída na última sexta-feira (28) a segunda etapa do Leilão de Transmissão nº 13/2015 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que continha 6.126 km de linhas de transmissão e seis mil MVA de potência de subestações. Foram arrematados 21 dos 24 lotes ofertados, o que representa R$ 11,6 bilhões em investimentos em transmissão.

A grande vencedora do leilão foi a Equatorial Energia S/A, que arrematou sete lotes no certame: 8,9,12,14,15,16 e 23. O maior deságio do leilão ocorreu no lote 9, de 27,99%, e a maior disputa, no lote 21, arrematado pela Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP), após 54 lances. Os três lotes não licitados foram 7, 11 e 19.

Na etapa, ainda foram negociados 21 lotes de empreendimentos nos estados da Bahia, Ceará, Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí e Rio Grande do Norte.

O deságio médio apresentado é de 12,07% ao preço total ofertado, o que significa que a receita dos empreendedores para a exploração dos seus investimentos será menor que o previsto inicialmente, o que contribuirá para a modicidade tarifária de energia.

A Receita Anual Permitida contratada ficou em R$ 2,1 bilhões. Ela corresponde à renda anual que a transmissora terá direito pela prestação do serviço público de transmissão dos usuários, a partir da entrada em operação comercial das instalações.

É esperado que a negociação das linhas propiciará a geração de 25.658 empregos. O prazo das obras varia de 42 a 60 meses, e as concessões de 30 anos valem a partir da assinatura dos contratos.

Confira os demais vencedores por lote clicando aqui

Destaques da Loja Pini
Aplicativos