Aeroportos e rodovias são incluídos em novo pacote de concessões do Governo Federal | Infraestrutura Urbana

Notícias

Aeroportos e rodovias são incluídos em novo pacote de concessões do Governo Federal

Em nova fase do PPI, 57 empreendimentos devem movimentar cerca de R$ 44 bilhões

Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
25/Agosto/2017

O Governo Federal anunciou na última quarta-feira (23) a inclusão de 57 empreendimentos no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), que devem arrecadar cerca de R$ 44 bilhões e auxiliar no cumprimento da meta fiscal. Entre os projetos estão rodovias, portos, aeroportos, empresas estatais e linhas de transmissão.

Divulgação: Infraero

Em aeroportos, são 14 terminais divididos em dois blocos de licitação e R$ 6,4 bilhões de recursos. O primeiro é formado pelos empreendimentos de Maceió (AL), Aracaju (SE), João Pessoa (PB), Campina Grande (PB), Juazeiro do Norte (CE) e Recife (PE). Já o segundo é composto pelos aeroportos de Cuiabá (MT), Sinop (MT), Alta Floresta (MT), Barra do Garças (MT), Rondonópolis (MT), Vitória (ES), Macaé (RJ) e Congonhas (SP).

No segmento rodoviário, entrou na lista a BR 364/RO-MT, considerada a principal rota para o agronegócio do Mato Grosso, e a BR 153/GO-TO, que será incluída como projeto prioritário. O setor portuário, por sua vez, prevê a concessão de 15 terminais entre diversas cidades como Belém (PA), Vila do Conde (PA), Vitória (ES), Suape (PE) e Paranaguá (PA), além da Companhia de Docas do Espírito Santo.

O Ministério de Minas e Energia determinou 11 lotes para concessões de linhas de transmissão e subestações entre os estados da Bahia, Ceará, Pará, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Minas Gerais e Tocantins. A Usina Hidrelétrica de Jaguara, no Rio Grande, em Minas Gerais, também está na lista, bem como a privatização da Eletrobrás.

Entre os demais setores, fazem parte do pacote de desestatizações o segmento de loteria instantânea da Caixa Econômica, a Lotex, e a Casa da Moeda.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos