Concessionária do aeroporto de Brasília apresenta plano de R$ 3,5 bilhões para empreendimento de 1 milhão de m² | Infraestrutura Urbana

Urbanismo

Notícias

Concessionária do aeroporto de Brasília apresenta plano de R$ 3,5 bilhões para empreendimento de 1 milhão de m²

Projeto que pretende criar a primeira cidade aeroportuária da América do Sul inclui hotéis, espaços de lazer, edifícios comerciais e uma universidade no sítio do aeroporto

Kelly Amorim, do Portal PINIweb
18/Dezembro/2015

A Inframerica, concessionária que há três anos é responsável pela administração do Aeroporto de Brasília, anunciou nesta semana a construção da primeira Cidade Aeroportuária da América do Sul. O projeto do grupo composto pelas empresas Corporacion America e Engevix está orçado em R$ 3,5 bilhões.

O empreendimento contempla a construção de uma nova sala de embarque internacional, que terá as obras iniciadas em 2016 com previsão de entrega para 2018. O espaço será conectado ao satélite e ampliado em uma área de 9 mil m², aumentando a quantidade de pontes de embarque de quatro para oito. Do total, 1,5 mil m² serão destinados a serviços e gastronomia. Com as obras, o aeroporto passa a ter capacidade para receber até 1,5 milhão de passageiros internacionais por ano, 130% a mais do que o comportado atualmente.

Também está previsto um empreendimento comercial de 303 mil m² que comportará um shopping com 280 lojas, 30 opções de fast food e oito restaurantes de alto padrão, além de um edifício garagem com capacidade para quatro mil vagas, dois hotéis, dois edifícios de escritórios, cinema, academia e áreas destinadas a descanso. O acesso dos passageiros ao Terminal 1 e ao saguão de embarque se dará por meio do novo complexo, que deverá ser entregue também em 2018.

Em relação às obras da Rede Hoteleira, que devem começar em 2016, estão previstos um Wyndham Grand Collection e um Tryp by Wyndham localizados no Terminal JK, um Ibis e um Ibis Budget e um Hard Rock Hotel, o 1º do Brasil. A expectativa é que ao final das obras, em 2018, 1,6 mil novos quartos de hotéis estejam à disposição dos turistas.

Já o Sun Park City Center será um centro de comércio, serviços e lazer inspirados em grandes empreendimentos como Downtown Disney e Puerto Venecia, na Espanha. Serão 418 mil m² de área construída próxima ao aeroporto, que abrigarão parque aquático, aquário, cinema, área verde, lago, outlet, arena multiuso, centro de convenções, hospital e uma universidade.

Os prédios de escritórios, batizados de Office Park, terão estacionamentos privativos e rotativos, e 487 mil m² de área construída no modelo Built to Suit (BTS), sob medida para atender as empresas interessadas. Após as obras, o espaço deverá comportar mais de 30 mil funcionários de empresas privadas ou governamentais.

Para complementar os serviços de cargas disponíveis no Aeroporto de Brasília, a Inframerica vai construir ainda o Storage, ou Self-Storage: um espaço de 85 mil m² destinado ao armazenamento de cargas.

O empreendimento completo deve ser entregue em sete anos. No total, o sítio aeroportuário terá 1.323.808 m² de área construída.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos